Caríssimo(a) irmão(ã), seja bem-vindo(a)!

17 de junho de 2024

Primeiros jovens multiplicadores do projeto “Cuidar da Vida” iniciam formação nesta sexta-feira, em Cuiabá (MT)

07/06/2024 . Igreja

Começa, nesta sexta-feira, 7 de junho, a jornada formativa de cerca de 300 jovens das cinco regiões do Brasil no projeto “Cuidar da Vida”. O minicurso ofertado pela Comissão Episcopal para a Juventude da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB)abordará o tema “Prevenção ao suicídio entre adolescentes e jovens”.

Cuiabá é a primeira cidade a receber a formação, de hoje até domingo, 9. Participarão desta primeira edição do minicurso integrantes da Pastoral Juvenil dos regionais Oeste 1, Oeste 2 e Centro-Oeste da CNBB, que correspondem aos estados do Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Goiás, e ao Distrito Federal.

Multiplicadores

O projeto “Cuidar da vida – Prevenção ao suicídio entre adolescentes e jovens” tem o objetivo de formar multiplicadores que possam atuar na prevenção do suicídio entre adolescentes e jovens no contexto dos grupos e movimentos juvenis e nas escolas, sobretudo as escolas públicas.

Essa formação tem a colaboração voluntária de psicólogos e educadores católicos, que somam à sua experiência profissional uma atuação pastoral.

Preocupação da Igreja

O bispo de Imperatriz (MA) e presidente da Comissão Episcopal para a Juventude, dom Vilsom Basso, destacou a preocupação dos bispos com a realidade do suicídio entre os jovens, apontada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como terceira causa de morte entre pesssoas de 18 a 29 anos em todo o mundo.

“Esse dado da realidade mundial e nacional tem sido uma preocupação constante dos membros da Comissão Episcopal para a Juventude. Isso nos impeliu a buscar caminhos para ajudar nossos adolescentes e jovens. Assim, buscaremos incentivar a dimensão do cuidado como condição para melhorar a vida, nos colocando no seguimento daquele que veio para que todos tenham vida e vida em abundância”, afirmou.

Subsídio

Para a formação, foi preparada uma cartilha que será utilizada pelos multiplicadores para levar a formação adiante. O material foi produzido por uma equipe composta por membros da Pastoral Juvenil e da Pastoral da Educação, com apoio do padre Lício de Araújo Vale, padre suicidólogo, da diocese de São Miguel Paulista.

“A promoção da vida das juventudes em nosso país é urgência que se faz sentir a cada dia e este projeto é uma resposta concreta aos apelos pela vida em plenitude dos jovens brasileiros”, escreveu dom Vilsom Basso.

Outras formações

Ainda neste mês de junho, serão realizados os minicursos em Manaus (AM), Recife (PE) e no Rio de Janeiro (RJ). Em agosto, os cursos serão ofertados em Imperatriz (MA) e São Paulo (SP).

Com informações e imagens de Jovens Conectados.
CNBB