Caríssimo(a) irmão(ã), seja bem-vindo(a)!

06 de março de 2021

Missa do Crisma é celebrada na Catedral Diocesana

04/08/2020 . Notícias da Diocese

Na última segunda-feira, 3 de agosto, foi realizada às 15 horas na Catedral Diocesana Nossa Senhora do Rosário em Itabira (MG), a Missa do Crisma, também chamada de Missa da Unidade. Nesta solene liturgia, além de serem abençoados os santos óleos, que serão usados nos sacramentos em nossas comunidades, foi uma oportunidade para louvarmos a Deus pelo dom do sacerdócio. Portanto, na ocasião, os presbíteros diante do bispo diocesano, renovaram as promessas sacerdotais pronunciadas na Ordenação Sacerdotal, e de modo especial, rezou-se nesta Eucaristia pelos padres jubilares, Pe. Elson, Pe. Francisco Guerra, Pe. Luiz Macedo e Pe. Marcos Rosa, que celebram 25 anos a serviço do povo de Deus.

Presidida pelo nosso bispo diocesano, Dom Marco Aurélio Gubiotti, a Missa do Crisma foi transmitida ao vivo pelo Facebook e Youtube da Diocese ou pela Rádio Pontal FM 104,3 e Rádio Educadora AM 1010. Devido à restrição quanto à participação presencial, a celebração contou apenas com alguns representantes do clero das três regiões pastorais de nossa Diocese.

Em sua homilia, Dom Marco Aurélio Gubiotti esclareceu que a Missa Crismal por ser memória do sacerdócio, oferecido por Cristo à Igreja, na sua Paixão, Morte e Ressurreição, está ligada à celebração do Tríduo Pascal que normalmente é celebrada na Quinta-Feira Santa, mas como algumas celebrações, também esta, teve que ser adiada na esperança que ela pudesse acontecer na comemoração do Dia do Padre, o que também não foi possível.

Diante desse limite, após destacar a presença dos representantes do clero presentes, o Bispo garantiu:

esta situação não diminui a alegria por celebrarmos a Missa da Unidade, renovarmos os nossos compromissos sacerdotais, abençoarmos os santos óleos que usaremos nas celebrações dos sacramentos e darmos graças ao Senhor pelo dom do sacerdócio.

Diretamente aos irmãos sacerdotes, Dom Marco Aurélio ressaltou que a ocasião era momento de se fazer memória da graça sacramental que os tornou sacerdotes à serviço do Reino de Deus na Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Texto: Agência Parábola
Fotos: Rayane Dionísio (Pascom)