Caríssimo(a) irmão(ã), seja bem-vindo(a)!

13 de junho de 2024

Iniciado processo de recuperação do Teatro Mutirão em Marliéria

02/01/2024 . Notícias da Diocese

No dia 08 de novembro de 2022, na Escola Estadual Liberato de Castro, foi constituída a Comissão para recuperação e incentivo das atividades do Teatro Mutirão. Os membros da comissão convocados foram Domingos Sávio de Castro, Denise de Castro Pereira, Ildeniza Moreira Valadares, Nilmara Moreira Brandão Horta, Edmilson Araújo Castro, José dos Santos Avelino (Toló), Domingos Sávio de Castro (Savinho), Beatriz Rodrigues Horta Breder, Maria de Lourdes Quintão Araújo, Rosane de Assis Horta, Sílvia Aparecida Castro Gonçalves Morais, Padre Márcio Rodrigo Mota. Alguns membros foram indicados: Orli Moreira Araújo Castro, Ubiratan de Lana Castro, Ênio Quintão Torres e Dr. Márcio Figueiras Amorim. Nessa primeira reunião foram encaminhadas algumas atividades para dar início ao levantamento do que seria necessário realizar.

Na segunda reunião, 28 de novembro de 2022, na Escola Estadual Liberato de Castro, a comissão decidiu que seria necessário a regularização do imóvel para os devidos encaminhamentos de projetos de reforma, reestruturação do espaço e captação de recursos para iniciarem o processo de resgate histórico, humano e cultural do Teatro Mutirão.

No dia 28 de dezembro de 2023, na Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores, a comissão se reuniu para dar retorno dos encaminhamentos feitos durante o ano de 2023. Com sucesso, Ubiratan e Pe. Márcio anunciaram que a legalização do imóvel foi concluída e que falta finalizar o registro do imóvel para começarmos a reforma do Teatro Mutirão.

Domingos Sávio de Castro, membro do Grupo Teatral Babilônia, repassou os recursos adquiridos por rifas, doações mensais, pedágios e promoções realizadas pela campanha “Amigos do Teatro”, nos anos anteriores, para a paróquia. Esses recursos serão utilizados para manutenção do Teatro Mutirão. De forma transparente a comissão será responsável por informar e prestar contas à comunidade sobre os investimentos que serão feitos para melhorias no Teatro. As doações foram interrompidas, mas desde já pedimos a todos o apoio para que esse sonho volte a ser realidade para nossa cidade.

Foram gastos até o momento pela Paróquia Nossa Senhora das Dores valores para regularização do imóvel. Outros valores referentes a serviços de cartório foram pagos e doados pelo Ubiratan de Lana Castro. A comunidade de Marliéria aguarda ansiosa o retorno das atividades do Teatro.

Padre Márcio Rodrigo Mota
Pároco – Paróquia Nossa Senhora das Dores