Caríssimo(a) irmão(ã), seja bem-vindo(a)!

25 de abril de 2024

Começou a etapa continental do Sínodo 2021-2024: saiba como acompanhar o processo

14/02/2023 . Igreja

Teve início, nesta segunda-feira,13, a fase continental do Sínodo sobre a Sinodalidade. A Assembleia Regional da América Central e do México, que ocorre em El Salvador, até a próxima sexta-feira, 17, abriu a série de quatro encontros promovidos pelo Conselho Episcopal Latino Americano e Caribenho (Celam) para aprofundar o documento para a Etapa Continental, que retoma os apontamentos feitos por todos os países do mundo durante a fase diocesana do sínodo.

Padre Pedro Brassesco, secretário-geral adjunto do Celam, explica que o Consellho escolheu privilegiar os “momentos de encontros regionais para fortalecer o vínculo e a escuta próxima em cada um dos lugares”.

“Nos encontros regionais, os participantes trabalharão exclusivamente no Documento para a Etapa Continental (DEC), também à luz da metodologia da conversa espiritual, e tomando como eco o que foi discernido nas Dioceses, as sínteses das Conferências Episcopais e o texto conclusivo da Primeira Assembleia Eclesial da América Latina e do Caribe”, explicou.

Assembleia Regional da América Central e México | Foto: divulgação/Celam

Outra referência nesses quatro encontros regionais será a metodologia da conversa espiritual, “que consiste em nos colocarmos à escuta do Espírito que se expressa em nós e nos outros, e, dessa maneira, vamos construindo consensos para dar um passo adiante para propor à assembleia do Sínodo, em outubro, o que o Espírito está nos dizendo na América Latina e no Caribe”.

Padre Brassesco destaca ainda que a reunião não se trata de estabelecer linhas de ação ou propostas sobre o que deve ser a Igreja, “mas seguir no espírito de escuta para ver que passos podemos dar em função de uma Igreja mais sinodal, mais participativa, uma Igreja que cresça em participação para levar adiante sua missão”.

Os quatro encontros regionais ocorre nos seguintes locais e datas:

– América Central e México: de 13 a 17 de fevereiro em San Salvador (El Salvador);

– Caribe: de 20 a 24 de fevereiro em Santo Domingo (República Dominicana);

– Países Bolivarianos: 27 de fevereiro a 3 de março em Quito (Equador);

– Cone Sul: de 6 a 10 de março em Brasília (Brasil).

Nesses encontros, os delegados escolhidos pelas Conferências Episcopais participarão, valorizando a variedade de carismas e vocações: leigos e leigas, religiosos e religiosas, diáconos, sacerdotes e bispos.

Os passos seguintes são dois encontros:

Uma reunião da Equipe para a Fase Continental com delegados para a redação da Síntese Continental, de 17 a 20 de março, em Bogotá, na Colômbia.

E, de 21 a 23 de março, os secretários-gerais, de forma presencial, e os presidentes das Conferências Episcopais, de forma virtual, vão reler colegialmente a experiência sinodal vivida com base no seu carisma e responsabilidade específicos, mas respeitando o processo realizado e sendo fiéis às diferentes vozes do Povo de Deus. Será uma espécie de validação da síntese.

Este documento será enviado até 31 de março de 2023 à Secretaria Geral do Sínodo para constituir, juntamente com os dos outros seis continentes, a base do Instrumentum Laboris da XVI Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, que terá a sua primeira sessão em outubro deste ano e a sua segunda sessão em outubro de 2024.

Como acompanhar

As principais notícias e materiais sobre a etapa continental do Sínodo estão disponíveis no site do Celam, em espanhol. Acesse:

Celam - caminho sinodal

CNBB