Caríssimo(a) irmão(ã), seja bem-vindo(a)!

22 de fevereiro de 2024

Cerimônia de entrega dos Prêmios de Comunicação da CNBB será exibida no próximo dia 23 de novembro

21/11/2022 . Igreja

A cerimônia de entrega dos Prêmios de Comunicação da CNBB, em sua 54ª edição, será exibida no próximo dia 23 de novembro pelas emissoras de inspiração católica (veja abaixo a lista e os horários). Com produção da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e da TV Evangelizar, pela primeira vez a solenidade ocorrerá de forma híbrida – os finalistas participarão de maneira remota e os ganhadores, presencialmente, diretamente dos estúdios da TV Evangelizar, em Curitiba (PR).

Emissoras que irão transmitir a cerimônia

O programa terá a duração de duas horas e será dividido em cinco blocos. As emissoras de inspiração católica que até o presente momento estão confirmadas para fazer a transmissão são:

TV IMACULADA – 20h
TV PAI ETERNO – 21h
TV REDE SÉCULO 21 – 21h
TV APARECIDA – 21h
TV HORIZONTE – 21h
TV EVANGELIZAR – 20h
TV NAZARÉ – 21h
TV REDE VIDA – Exibe dia 27/11 às 23h
TV CANÇÃO NOVA – 23h

Os Prêmios de Comunicação da CNBB

Os Prêmios de Comunicação foram criados pela CNBB com o objetivo de oferecer um reconhecimento público da Igreja Católica Apostólica Romana ao trabalho meritório de profissionais da comunicação social nos diversos meios que apresentaram suas obras e se distinguiram pelo serviço à dignidade humana e aos valores do Evangelho.

Eles também têm por objetivo estimular, fomentar e reconhecer as boas iniciativas de trabalho jornalístico e cultural provenientes de todo o país nas áreas do Cinema, Rádio, Televisão, Imprensa e Internet, bem como do campo da pesquisa acadêmica em comunicação e iniciativas da Pastoral da Comunicação.

Concessão da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, os Prêmios têm caráter exclusivamente cultural e não se vinculam a nenhuma modalidade de sorteio ou a qualquer exigência de pagamento pelos concorrentes, tampouco estão condicionados à aquisição ou ao uso de quaisquer bens, direitos ou serviços. Eles são entregues aos profissionais autores dos trabalhos que são apresentados para a seleção.

Os trabalhos inscritos são submetidos à avaliação de dois júris. A primeira avaliação é a do júri técnico, que leva em consideração a qualidade do material produzido conforme as exigências técnicas de cada categoria e modalidade. Para cada categoria, o júri técnico escolhe os 5 melhores trabalhos. Em seguida, esses trabalhos escolhidos são submetidos a um júri pastoral, que faz a avaliação da pertinência do conteúdo relacionado ao apreço pela dignidade humana e aos valores do Evangelho.

Saiba quem são os finalistas desta 54ª edição

 


Longa-metragem
– Estrela da Manhã – Marco Vinícius Ropelli

Curta-metragem
– Meu corpo, minha fronteira – Eduardo Mossri
– Dedão, caçador de polvos – Pablo de Luca
– Canarinhos de Petrópolis – Tradição e Contemporaneidade – Frei Augusto Luiz Gabriel

 


Documentário
–  Arquivo A: Desafios da Igreja: Alto do Rio Negro, de Camila Franco Morais (TV Aparecida)
– Caminho dos Santos Mártires, de Claudio Ribeiro Jr (TV Evangelizar)
– Padre Jesus Flores – Viva a vida, de Marcus Tullius Oliveira Neto (TV Pai Eterno)

Reportagem
– A Igreja em Saída: a missão do Padre Júlio Lancellotti, de Mateus Eduardo Lino (A Igreja Em Saída)
– Sustentabilidade (2021), de Claudio Ribeiro Jr (TV Evangelizar)
– Bom Jesus diferente, de Gabriel Lemos Martins (Catedral Propriá)

Jornais
– As filhas do Bolsa Família, 18 anos depois – Jornal O Estado de S.Paulo, de Vinícius Valfré Pereira
– O 1º ano da pandemia nas prisões – Jornal O São Paulo, de Daniel Gomes
– Aos 50 anos, Minhocão vive contrastes – Jornal O Estado de S.Paulo, de Priscila Mengue e Tiago Queiroz

Revistas
– Como vive o portador de HIV hoje em dia? – Revista Família Cristã,  Juliana Borga
– Serviço Jesuíta a Migrantes e Refugiados – Jesuítas Brasil,  Janaína Santos
– Dossiê ICF PUC-PR  – Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Douglas Borges

Jornalismo
– Ferida que ainda sangra – Rádio Senado 
– Brasil: Face que Clama por Misericórdia – Rádio Aparecida
 – Dia da visibilidade trans: pessoas transgêneros e as eleições 2020 – Agência Rádio Web

Entretenimento
– Mensagem sertaneja – Rádio Mensagem (Da Diocese de São José dos Campos/SP)
– Gente nossa – Rádio Educativa (Fundação Bento Freire de Souza)
– Estúdio aberto – Rádio Imaculada

Religioso

– Palavra de Amigo – Rádio Mundo Melhor (Fundação João XXIII)
 – Campanha da CF 2022 – Pastoral da Criança

Teses
– A representação do capelão militar nos filmes de guerra: O Resgate do Soldado, Pearl Harbor, Paisà e A Grande Guerra, de Héliton Marconi Dantas de Medeiros (PUC-Rio)

Dissertações
-“É melhor tirar a cadeia”: contribuições da teologia pública para a superação do encarceramento, de Lucas Henrique Pereira Duarte (PUC-PR)
-Migração de Rádio: do AM ao FM, tradição, inovação e reconfiguração na Rádio Educadora do Maranhão,  de Gutemberg de Sousa Feitosa (Universidade Federal do Maranhão)
-A Vocação Para O Direito E A Justiça No Primeiro Canto Do Servo De Yhwh (Is 42,1-9), de Márcio José Pelinski (PUC-PR)

 


– Maximiliano, o santo de óculos no coração do maior bairro da capital alagoana”, de Marcos Filipe das Silva Souza (Pascom Paróquia São Maximiliano Kolbe, Maceió/AL)
– Projeto FelizMente, de Amanda Aparecida de Oliveira Silva (Pascom Arquidiocese de Uberaba/MG)
– Plano Pastoral Digital Paróquia Nossa Senhora Aparecida Xingu, de Karina de Carvalho (Pascom da Paróquia Nossa Senhora do Xingu, Diocese de São José dos Pinhais/PR)

 

Aplicativos

– Conexão Fraterna, de autoria de Frei Augusto Luiz Gabriel

Iniciativas com redes sociais:
– Adotar é amor, autoria de Juliana Rodrigues Freitas
– Gálatas – mês da Bíblia, autoria de Alice Carolina Dias Pedreira
– Evangelho com as crianças, autoria de Osmar de Oliveira Brado

Sites/blogs/portais
– Notícias Canção Nova, autoria de Júlia Beck Ferreira
– Projeto mãos à obra entrega duas casas, autoria Samuel Rocha Medeiros
– Patrícia ConVIDA, autoria de Patrícia Midões de Matos.

CNBB