Caríssimo(a) irmão(ã), seja bem-vindo(a)!

19 de abril de 2024

Dom Marco Aurélio Gubiotti “Pela Graça de Deus” (1 Cor 15,10)
Nasceu no dia 21 de outubro de 1963, em OuroFino/MG, filho de Benedito Gubiotti e Natalina Gubiott.

Cursou filosofia no Seminário Arquidiocesano de Pouso Alegre, e a teologia no Instituto Teológico SCJ, em Taubaté (SP).

Exerceu o ministério sagrado nas paróquias:
São Caetano em Brasópolis;
Santo Antônio em Jacutinga; Nossa Senhora Aparecida em Tocos do Moji;
São Sebastião em São Sebastião da Bela Vista e Nossa Senhora de Fátima em Santa Rita do Sapucaí.

“O sol nascente nos veio visitar” (Lc 1, 78)

01 de dezembro de 2021 Palavra do Bispo

“Não tenhais medo! Eu vos anuncio uma grande alegria, que será também a de todo o povo: nasceu para vós o Salvador, que é o Cristo Senhor! ” (Lc 2,10-11)

Queridos irmãos e queridas irmãs, estamos em um ano novo na Igreja, o Ano C, do Evangelista São Lucas. Neste ano novo nos encontramos em um tempo novo, Tempo do Advento, tempo de espera e de esperança, de vigilância e de oração, na alegre expectativa do nascimento do Verbo de Deus, que se faz carne e habita no meio de nós. “Vinde, Senhor, visitai-nos com a vossa paz, para que nos alegremos de todo o coração na vossa presença”. (Sl 105, 4-5).
A cada novo dia das quatro semanas do Advento, a Igreja nos convida a dizer ao Senhor que estamos preparando nossos corações para acolhê-lo com humildade, zelo e determinação. A cada novo dia deste tempo do Advento, devemos mergulhar nos mistérios de Deus, a fim de que possamos sentir que não estamos sozinhos neste itinerário da fé, pois caminha conosco a Virgem Maria, a Senhora do Advento.

Façamos deste Tempo do Advento nosso caminho interior para o Natal e que os sinais externos sejam portadores da vida e da esperança que o mesmo Natal desperta em cada um de nós. Estejamos alertas e vigilantes sempre e não nos deixemos abater diante das dificuldades, na certeza de que Jesus caminha conosco sempre.

Meus irmãos e minhas irmãs, que neste tempo de pandemia que ainda vivenciamos, que as palavras dos anjos aos pastores: “Não tenhais medo! Eu vos anuncio uma grande alegria, que será também a de todo o povo: nasceu para vós o Salvador, que é o Cristo Senhor! ”, encontrem eco em nossos corações, em nossas famílias e em nossas comunidades paroquiais e façam de nós cristãos corajosos e alegres, discípulos missionários de Jesus Cristo, fazendo de nossa Vida Missão, com o anúncio ao mundo que esse mesmo Jesus, que nasceu em Belém, está vivo e permanece entre nós!

O nascimento do Filho de Deus, sua vinda amorosa até nós, é motivo de renovada esperança e certeza de fé, sobretudo é prova definitiva do amor infinito de Deus. A sua encarnação traz para nós o verdadeiro sentido da vida que está no amor com todas as suas maravilhosas manifestações de bondade, justiça, paz e comunhão.

O nascimento de Jesus recria e plenifica a nossa vida e tudo o que existe. A sua presença encarnada no nosso meio é o amor divino que nos envolve, manifestando de forma explícita a bondade do Pai em nosso favor.

Aprofundemos nossa fé no Deus vivo que caminha conosco, para que a luz do Menino Deus, que vem no Natal, brilhe em nossas famílias e em nossos corações. “Eu vos anuncio uma grande alegria!”, alegria que ninguém e nada poderá nos tirar.

Nos gestos mais simples, façamos a experiência do amor a Deus e aos irmãos. No dia a dia, rezemos uns pelos outros. Tenhamos cuidado com a nossa vida e com a vida dos irmãos, valorizando a Vida como Dom de Deus.
Na confiança e na esperança no Deus da Vida vamos viver o Natal na certeza de que tudo passa e sairemos desta pandemia mais fortalecidos na fé e no amor a Deus e aos irmãos e irmãs.

Que possamos assumir o compromisso de nos prepararmos para o Natal do Senhor, rezando a novena. Aproveito o ensejo para agradecer a você, meu irmão e minha irmã, pela colaboração e dedicação a nossa Igreja Diocesana, na vivência sinodal de comunhão e participação. Gratidão a todas as lideranças: diocesana, regionais, paroquiais e comunitárias, pela ação pastoral e evangelizadora de todos vocês neste tempo difícil de pandemia.

Feliz e Santo Natal para todos. Com estes meus votos, visito e abraço cada família e levo minha bênção como penhor das graças e das alegrias do Senhor!

Feliz e Santo Natal!
Esperançoso Ano Novo!

Itabira, 1º de dezembro de 2021

Dom Marco Aurélio Gubiotti
Bispo Diocesano de Itabira-Coronel Fabriciano
“Pela Graça de Deus” (1Cor 15,10)

Confira Mais Artigos de Dom Marco Aurélio Gubiotti