Caríssimo(a) irmão(ã), seja bem-vindo(a)!

21 de janeiro de 2022

Dom Marco Aurélio Gubiotti “Pela Graça de Deus” (1 Cor 15,10)
Nasceu no dia 21 de outubro de 1963, em OuroFino/MG, filho de Benedito Gubiotti e Natalina Gubiott.

Cursou filosofia no Seminário Arquidiocesano de Pouso Alegre, e a teologia no Instituto Teológico SCJ, em Taubaté (SP).

Exerceu o ministério sagrado nas paróquias:
São Caetano em Brasópolis;
Santo Antônio em Jacutinga; Nossa Senhora Aparecida em Tocos do Moji;
São Sebastião em São Sebastião da Bela Vista e Nossa Senhora de Fátima em Santa Rita do Sapucaí.

O Senhor vos dê a Paz

01 de janeiro de 2022 Palavra do Bispo

Queridos irmãos e irmãs, estamos iniciando mais um ano. Que renasça em nossos corações uma nova esperança de dias mais humanizados. Com Jesus, que é a graça e a bênção de Deus Pai, sejamos fortalecidos para enfrentarmos com destemor os desafios que este novo ano nos reserva.

Sejamos sinais de paz e do amor de Deus a todos os que iremos encontrar pelo caminho ao longo deste novo ano. Pelo nosso coração passe a eles a bênção de Deus que encontramos na primeira leitura da Missa do dia 01 de janeiro, ou seja, que “o Senhor os abençoe e os guarde! O Senhor faça brilhar sobre eles a sua face, e se compadeça deles! O Senhor volte para eles o seu rosto e lhes dê a paz!” (Cf. Nm 6, 24-26).

Como os dias passam depressa, aproveitemos para viver bem e para fazer o bem aos outros sempre. Com a graça de Deus façamos maiores progressos neste sentido colaborando, assim, para a implantação da paz entre todos. A paz é fruto de consciências que se abrem à verdade, ao diálogo, ao respeito e à busca pela unidade. Dentro de nós existe uma aspiração essencial: o desejo de paz, um anseio por uma vida humana plena, feliz e bem sucedida. Sim, somos feitos para a paz e a paz é dom de Deus. A paz é um bem excelente. Por isso, com muito fervor rezemos pedindo a Deus esse presente. E façamos todo o esforço para favorecer a realização deste dom em nossa vida e em nossos relacionamentos.

Se é a fé que nos move, não tenhamos medo das novidades e não nos deixemos abater diante de dificuldades e sofrimentos. Com os olhos fixos em Jesus, “autor e consumador de nossa fé” conforme lemos em Hb 12, 2, com perseverança percorramos o caminho deste novo tempo buscando em nossas lidas diárias fazer sempre e em tudo unicamente a vontade de Deus.

Assim como são sinais do amor de Deus a vida e os dias que Deus nos dá, sejamos nós também sinais deste mesmo amor a todos os que vão conviver conosco ao longo deste novo ano.

Iluminados pela fé olhemos para este novo ano com muita esperança. Cultivemos um anseio profundo por aquele que é o “Príncipe da paz” (cf Is 9, 5), Jesus, distribuidor da divina misericórdia e autor da salvação. Sem ele nada poderemos fazer. Com ele, porém, tudo será possível.

Que a Virgem Maria, venerada com o título de Mãe de Deus no primeiro dia do ano, ajude-nos a contemplar a face de Jesus, Príncipe da Paz. Que a Mãe de Deus e nossa nos ajude e nos acompanhe neste novo ano para que possamos obter o dom da paz para nós e para o mundo inteiro.

Itabira, 01 de janeiro de 2022

Dom Marco Aurélio Gubiotti
Bispo Diocesano de Itabira-Coronel Fabriciano
“Pela Graça de Deus” (1Cor 15,10)

Confira Mais Artigos de Dom Marco Aurélio Gubiotti