Caríssimo(a) irmão(ã), seja bem-vindo(a)!

18 de abril de 2024

O convite do Papa à participação na Vigília de Oração em preparação ao Sínodo

25/09/2023 . Igreja

Evento de sábado próximo na Praça São Pedro tem alto valor simbólico, pois contará com a presença de líderes das Igrejas Ortodoxa, Protestante e Evangélica, além de alguns delegados fraternos e membros da Assembleia Geral do Sínodo, que, juntos com o Papa, acompanharão o início de um caminho sinodal, que tem suas raízes no Concílio Vaticano II.

Jackson Erpen – Cidade do Vaticano

Ouça e compartilhe

Renovo o convite a participar na Vigília ecumênica de oração, intitulada “Together – Juntos”, que terá lugar no próximo sábado, 30 de setembro, na Praça de São Pedro, em preparação à Assembleia Sinodal, que terá início no dia 4 de outubro.

Ao final do Angelus, antes do pedido de oração pela martirizada Ucrânia e “por este povo que tanto sofre”, o Santo Padre renovou o convite a todos para participarem da Vigília de Oração em preparação ao Sínodo sobre a Sinodalidade no sábado, mesmo dia do Consistório em que serão criados 21 novos cardeais.

Lideranças religiosas de várias partes do mundo

Ao lado de Francisco, estarão Patriarcas de Igrejas Orientais e Ortodoxas – como Bartolomeu I e Teófilo III -, representantes ecumênicos, delegados fraternos, cardeais e  jovens de vários países e diferentes confissões.

A Vigília ecumênica de oração Juntos: encontro do Povo de Deus“, – que nasce de “um sonho” expresso há 3 anos pelo Irmão Alois, prior da Comunidade de Taizé – dá início oficial ao Sínodo sobre “Sinodalidade”, que começa no dia 4 de outubro, após um longo caminho que durou cerca de três anos, nas dioceses dos cinco continentes.

Programa da Vigília de Oração

Apresentado nos dias passados, o evento na Praça São Pedro será aberto com cantos, músicas, momentos de oração e com o pronunciamento do Papa Francisco. Segue a oração do Patriarca Ecumênico, Bartolomeu I, a leitura da Palavra de Deus, as intercessões lidas por um líder religioso ou delegado fraterno do Sínodo, enquanto a oração do Pai Nosso será rezada pelo arcebispo Justin Welby, líder da Comunhão Anglicana.

Por fim, após a oração final, o Santo Padre concederá a Bênção Apostólica, juntamente com os doze chefes de Igrejas e líderes cristãos.

Participação de cerca 3 mil jovens, entre os 18 e 35 anos

O Irmão Matthew, que, a partir do próximo dia 3 de dezembro passa a ser o prior da Comunidade de Taizé, abençoará a Praça São Pedro, onde estarão reunidos cerca de 3 mil jovens, com idades entre 18 e 35 anos, provenientes de vários países europeus e pertencentes a várias Igrejas cristãs.

Também tomará parte na Vigília um grupo crianças, que naqueles dias estarão reunidas em oração pelo Sínodo, reiterando assim o princípio citado pelo Papa: “Um caminho se faz caminhando”.

Vatican News