Caríssimo(a) irmão(ã), seja bem-vindo(a)!

27 de maio de 2024

Diocese de Itabira-Coronel Fabriciano se prepara para as 24 Horas para o Senhor: missa, confissão e vigília eucarística

01/03/2024 . Notícias da Diocese

Caminhar numa vida nova.” (Rm 6,4)

Nos dias 8 e 9 de março de 2024 acontecerá a 11ª edição das “24 Horas para o Senhor”. O evento, idealizado pelo Papa Francisco e promovido pelo Dicastério para a Evangelização, no Vaticano, tem por objetivo incentivar os fiéis a praticar a penitência e a oração durante 24 horas. Nesse período, algumas igrejas ficarão com as portas abertas para acolherem as pessoas que desejam confessar, rezar, meditar ou apenas viver um momento de paz e silêncio para refletir sobre sua relação com Deus.

“Caminhar numa vida nova” (Rm 6,4) é o lema escolhido pelo Papa Francisco para a celebração das 24 Horas para o Senhor deste ano. Nestas palavras do Apóstolo sente-se ressoar aquilo que o Santo Padre afirmou na sua Carta Apostólica Misericordia et misera: A misericórdia renova e redime, porque é o encontro de dois corações: o de Deus que vem ao encontro do coração do homem. Este inflama-se e o primeiro cura-o: o coração de pedra fica transformado em coração de carne (cf. Ez 36, 26), capaz de amar, não obstante o seu pecado. Nisto se nota que somos verdadeiramente uma “nova criação” (Gl 6, 15): sou amado, logo existo; estou perdoado, por conseguinte renasço para uma vida nova; fui “misericordiado” e, consequentemente, feito instrumento da misericórdia (n° 16).

O perdão é o sinal do amor, o seu cume, porque cada um de nós sabe que precisa de ser perdoado e de se tornar, por sua vez, um instrumento de perdão para os outros. Quando se ama, age-se de modo a que a pessoa amada possa retomar uma vida de comunhão, de relação plena e perfeita. As 24 Horas para o Senhor testemunham precisamente isto.

O objetivo do evento é voltar a colocar no centro da vida pastoral da Igreja, portanto das nossas comunidades, das nossas paróquias, de todas as realidades eclesiais, o sacramento da reconciliação. Este é o centro da mensagem evangélica: a Misericórdia de Deus, que nos dá a certeza de que diante do Senhor ninguém encontrará um juiz, mas sim um pai que o acolhe, o consola e lhe indica também o caminho para a renovação. Portanto, como afirmou o Papa Francisco, “a misericórdia suscita alegria, porque o coração se abre à esperança duma vida nova”. (Misericordia et misera, nº 3).

Na diocese de Itabira-Coronel Fabriciano, o momento será realizado nas três regiões pastorais com vigílias, confissões, Missas e adorações ao Santíssimo.

  • Na região pastoral 1, será no Santuário São Geraldo Majela, Paróquia Nossa Senhora da Penha, em Itabira, com início no dia 08 de março às 17h com a santa missa presidida pelo bispo diocesano Dom Marco Aurélio Gubiotti, exposição do Santíssimo e confissões até à meia noite. Durante toda a madrugada, vigília eucarística, retornando as confissões às 07h do dia 09 de março com a missa da reconciliação. Às 15h30 será a bênção do Santíssimo e às 16h a missa de encerramento.
  • Na região pastoral 2, será na Igreja Sagrado Coração de Jesus, Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em João Monlevade, com o início às 15h do dia 08 de março com a exposição do Santíssimo Sacramento e atendimento de confissões até à meia-noite. Durante toda a madrugada, vigília eucarística, retornando as confissões às 08h do dia 09 de março com a celebração penitencial. Às 15h será missa de encerramento.
  • Na região pastoral 3:
    • Igreja Matriz da Paróquia Senhor do Bonfim, em Ipatinga, com o início às 15h do dia 08 de março com a exposição do Santíssimo Sacramento e atendimento de confissões até à meia-noite. Durante toda a madrugada, vigília eucarística, retornando as confissões às 08h do dia 09 de março com a celebração penitencial. Às 15h será missa de encerramento.
    • Paróquia Santo Antônio, em Coronel Fabriciano, com o início às 18h do dia 08 de março com a exposição do Santíssimo Sacramento e atendimento de confissões até à meia-noite. Durante toda a madrugada, vigília eucarística, retornando as confissões às 08h do dia 09 de março com a celebração penitencial. Às 18h será missa de encerramento.

As 24 Horas para o Senhor ocorrem na véspera do 4º Domingo da Quaresma, também chamado Laetare (Alegra-te). Se a Quaresma é um período de penitência, onde a prática da oração, jejum e caridade são mais intensas, o domingo Laetare, segundo a Liturgia do dia, é de alegria e luz, porque se aproxima a Páscoa.  Neste dia a cor roxa, que convida à reclusão e ao silêncio, dá uma pausa e as igrejas ficam enfeitadas com a rósea, jubilante e feliz.

As pessoas que desejam participar das atividades alusivas às 24 Horas com o Senhor em suas comunidades podem se informar através das redes sociais ou nas secretarias das paróquias.

Pe. Ueliton Neves da Silva
Assessor Diocesano de Comunicação