Caríssimo(a) irmão(ã), seja bem-vindo(a)!

16 de maio de 2021

Diácono Gustavo da Silva Alves

19/04/2021 . Notícias da Diocese

Nasceu em 8 de março de 1992, natural de São Gonçalo do Rio Abaixo (MG), Gustavo da Silva Alves é filho de Danilo Osmar Alves e Georgina de Fátima da Silva Alves, vem de uma família de 3 irmãos (um homem e duas mulheres). Uma família tradicionalmente católica e participante de várias atividades da igreja. O avô materno, Francisco Domingos da Silva, era da Irmandade do Santíssimo Sacramento. A avó, Maria Auxiliadora, era a típica “senhora das rezas”: terços, novenas, festejos de santos, além de fazer questão de cuidar da ornamentação da igreja. A mãe era membro do coral (Paróquia São Gonçalo). O avô paterno, vovô Doca (Raimundo Quirino Alves), tocava trompete na Corporação Musical Santa Cecília.

Desde criança, sendo muito apegado à mãe, Gustavo a acompanhava em tudo que se relacionava à igreja, o que não era difícil já que residiam em uma casa próxima à Matriz. Vendo os padres celebrarem, já falava que queria ser um deles. Participou dos corais infantil, de jovens e de adultos. Também era presença certa nas coroações a Nossa Senhora e ao Sagrado Coração de Jesus. Atuou como coroinha com o Pe. Francisco Guerra e como acólito com Pe. Almir. Fazia preces, comentários e proclamações.

No ano de 2006, Pe. Almir Adoniram Duarte foi para São Gonçalo, o que motivou Gustavo a participar de encontros e atividades maiores da igreja, como das CEBs (Comunidades Eclesiais de Base), e a assumir outras responsabilidades, aos 16 já era coordenador da catequese. Para Gustavo, Pe. Almir era um exemplo/modelo de pastor e excelente formador (catequese e liturgia).

Aos 18 anos, teve o primeiro emprego formal, trabalhando no setor administrativo da Paróquia São Gonçalo. Nessa época, chegou a ingressar no curso técnico de enfermagem, mas ao final, quando do estágio, perdeu a motivação e passou a focar no caminho sacerdotal.

Assim como muitos jovens, Gustavo chegou a pensar em constituir família, casar, ter filhos e investir em um negócio próprio. Mas quis o caminhar que o destino fosse outro.

Em 2011 participou dos encontros vocacionais e em 2012 seguiu para o Seminário Propedêutico que fica situado em Itabira. Cursou de 2013 a 2015, Filosofia na PUC-Minas. De 2016 a 2019 – Teologia na PUC-Minas. Em janeiro de 2020, concluiu a pós em Gestão Eclesial pelo Instituto São Tomás de Aquino (BH).

Atuou nas seguintes paróquias no estágio pastoral: São José e Nossa Senhora de Fátima, ambas em João Monlevade; Catedral Diocesana, São Sebastião, em Dionísio, Nossa Senhora do Carmo, Distrito Senhora do Carmo; São Sebastião, em Bela Vista de Minas; Sant’Ana, em Santana do Paraíso.

A Ordenação Diaconal aconteceu no Santuário São Geraldo Magela em Itabira, no dia 25 de julho de 2020. Como lema da ordenação: “Nosso dom a serviço.” (1Pd 4,10). Iniciou o ministério diaconal nas paróquias Nossa Senhora do Rosário em Santa Maria de Itabira e São Sebastião em São Sebastião do Rio Preto. Atualmente exerce o Ministério nas paróquias São Domingos de Gusmão e Santo Antônio de Pádua, ambas em São Domingos do Prata.

No próximo dia 24 de abril (2021) o Diácono Gustavo da Silva Alves será Ordenado Presbítero por imposição das mãos do Exmo. Revmo. Dom Marco Aurélio Gubiotti, bispo diocesano, e pela Oração Consecratória da Santa Madre Igreja.

A ordenação será às 16 horas na Igreja Matriz São Domingos de Gusmão em São Domingos do Prata (MG). A participação será restrita ao clero, familiares e alguns convidados.⠀Você poderá acompanhar através do Facebook e Youtube da Diocese.