Caríssimo(a) irmão(ã), seja bem-vindo(a)!

16 de maio de 2021

Diácono Gustavo da Silva Alves é ordenado Presbítero em São Domingos do Prata

26/04/2021 . Notícias da Diocese

O último sábado, 24 de abril, foi um dia de grande alegria para a Diocese de Itabira-Coronel Fabriciano, pois neste dia ordenou mais um sacerdote para a Igreja. Em Solene Celebração Eucarística, o Diácono Gustavo da Silva Alves pela imposição das mãos do nosso bispo diocesano Dom Marco Aurélio Gubiotti, e pela Oração Consecratória da Santa Madre Igreja, foi ordenado presbítero para o serviço de Deus.

Transmitida através do Facebook e Youtube de nossa Diocese, a Solene celebração, foi realizada na Igreja Matriz São Domingos de Gusmão em São Domingos do Prata (MG). Com a participação limitada, contou-se com a presença do clero, familiares e alguns convidados.

Após a apresentação do Diácono Gustavo, como candidato ao presbiterado, Dom Marco Aurélio iniciou sua homilia evocando a imagem do Bom Pastor de que nos falou o Evangelho. O Bispo destacou que no texto Jesus se apresenta como o Bom Pastor, e que é Ele o modelo perfeito do verdadeiro pastor, pois por amor ao Seu rebanho, Ele entrega Sua vida para que todos tenham vida.

A partir do exemplo de Jesus, Dom Marco exortou: “quem vive fechado em seus próprios interesses, só buscando seu bem estar e quem não ama nesta medida, não pode ser chamado de pastor”. Segundo o Bispo, esse compromisso de amor e a caridade pastoral de Jesus é universal, não somente para com seus seguidores ou para Israel, ou para aquele tempo, mas chega até nós.

Ante a oferta de vida do Bom Pastor, Dom Marco Aurélio apontou: “no dar-se a si mesmo, se adquire a plenitude do próprio ser”. Por isso, “ao invés de perder, Jesus recupera sua identidade de filho de Deus. Assim, Jesus como pastor exemplar, modelo para todo aquele que se sente vocacionado ao ministério pastoral, afirma sua absoluta liberdade no dom de sua vida. Assim Ele não é vítima do destino, mas senhor de sua entrega e doação”, afirmou o Bispo.

Dirigindo-se ao então ordinando Diácono Gustavo, Dom Marco Aurélio expressou que: “a questão que fica para todos nós, mas muito especialmente para você neste momento de sua ordenação sacerdotal é como viver com gozosa felicidade o seguimento de Jesus Bom Pastor para atualizar em nosso ministério a sua caridade pastoral”.

Por fim, o Bispo estimou:

Diácono Gustavo, que o seu, que o nosso ministério pastoral, seja uma missão de amor, pois somente assim expressaremos a riqueza da graça de Deus que recebemos pela unção sacerdotal. Somente desta forma, viveremos de verdade nossa missão de tornar presente pelo nosso ministério e pelo amor do Cristo, Bom Pastor.

Após a homilia, seguiu-se o Rito de Ordenação Presbiteral que emocionou a todos. Ao final, por sua vez, o neo-sacerdote Gustavo, manifestou sua alegria por sua ordenação e pelas maravilhas que Deus realizou sua vida. Agradeceu à sua família pelas palavras de encorajamento e inúmeras orações, também ao nosso bispo diocesano, Dom Marco Aurélio, a Dom Odilon Guimarães, bispo emérito, a todos os padres que fizeram parte de sua história vocacional, a todos os presentes e aos que diante da impossibilidade de estarem ali, se uniram a ele na oração.

Reveja a Ordenação Presbiteral:

Por Agência Parábola
Fotos: Marcos Cardinelli