Caríssimo(a) irmão(ã), seja bem-vindo(a)!

27 de fevereiro de 2024

Celebração do VII Dia Mundial do Pobre na Região Pastoral 1

21/11/2023 . Notícias da Diocese

“Nunca afastes de algum pobre o teu olhar” (Tb 4,7)

Neste ano 2023, a Igreja celebrou a VII Jornada Mundial dos Pobres. É sempre uma ocasião oportuna para a nossa reflexão sobre a dignidade humana e a promoção da cultura da solidariedade. Cada ano o Papa Francisco nos apresenta um tema para ser aprofundado trazendo em sua mensagem muitas inspirações e estímulos para a ação concreta em nossas comunidades, paróquias e instituições nos mais variados contextos pastorais e institucionais. O tema deste ano nos convidou a refletir sobre o mal da indiferença, com o tema “Nunca afastes de algum pobre o teu olhar” (Tb 4,7).

Durante as duas primeiras semanas, as pastorais sociais falaram de sua ação pastoral e evangelizadora no Programa Unidos pela Fé, programa apresentado se segunda a sexta-feira na emissora de Rádio Pontal FM 104.3.  Entre os dias 12 a 18 de novembro, as sete paróquias da cidade de Itabira se uniram para celebrar, cada dia em uma paróquia, o Dia de Oração pela Jornada Mundial do Pobre, com a participação de lideranças comunitárias e pastorais, com destaque às pastorais sociais.

A celebração pelo Dia Mundial do Pobre, na sua sétima edição, foi realizada no dia 19 de novembro. A pastoral do povo em situação de rua ofereceu um almoço aos assistidos por ela, pela pastoral da criança e vicentinos no salão pastoral da Paróquia Nossa Senhora da Saúde. Durante a tarde a programação foi continuada no Ginásio Poliesportivo, onde foi rezado o santo terço, as pastorais sociais tiveram a oportunidade de se apresentar e falar dos trabalhos realizados e desafios na missão. Após o lanche, foi celebrada a santa missa, encerrando a programação do dia. A missa foi presidida pelo Pe. Ueliton Neves da Silva, coordenador de pastoral da região 1, e concelebrada pelos padres Adriano Mendes, José Marcelino, Marianus, Daniel e Paulo Marcony, na assistência dos diáconos Júlio e Paulo Henrique. Também esteve presente na programação o Pe. Renato Menezes. A celebração contou com a presença e participação dos Homens do Terço, a Fazenda de Esperança, Cáritas Diocesana, Pastoral da Pessoa Idosa, Pastoral da Criança, Sociedade ^são Vicente de Paulo (Vicentinos), Povo sem Direito e Pastoral do Povo em Situação de Rua, além de muitos leigos e leigas as paróquias.

Ao final de sua reflexão, Pe. Ueliton recordou a Encíclica Pacem in Terris, do Santo Papa João XXIII, no 60º ano que a escreveu: “O ser humano tem direito à existência, à integridade física, aos recursos correspondentes a um digno padrão de vida: tais são especialmente a nutrição, o vestuário, a moradia, o repouso, a assistência sanitária, os serviços sociais indispensáveis; a pessoa tem também o direito de ser amparada em caso de doença, de invalidez, de viuvez, de velhice, de desemprego forçado, e em qualquer outro caso de privação dos meios de sustento por circunstâncias independentes da sua vontade” (PT, 11).

Que a nossa solicitude pelos pobres seja sempre marcada pelo realismo evangélico. Para isso é preciso: coração aberto, atenção às necessidades concretas do outro, discernimento, sob a guia do Espírito Santo, para distinguir as verdadeiras exigências dos irmãos do que constitui as nossas aspirações. “Somos chamados a descobrir Cristo neles” (Evangelii Gaudium, 198).

Texto e fotos: Pascom da Paróquia Nossa Senhora da Penha