Caríssimo(a) irmão(ã), seja bem-vindo(a)!

24 de fevereiro de 2024

33º Curso para os Bispos do Brasil: o Ser Humano na Sagrada Escritura

25/01/2024 . Igreja

Quem é o Ser Humano segundo a Sagrada Escritura? Foi partindo dessa questão que o Pe. Luís Henrique Eloy e Silva, reitor da PUC Minas e membro da Pontifícia Comissão Bíblica, desenvolveu a sua fala no fim desta manhã para os bispos reunidos no Rio de Janeiro para o 33º Curso para os Bispos do Brasil.

Eduardo Silva – Arquidiocese do Rio de Janeiro

Fazendo um breve panorama sobre a figura do homem nas escrituras, desde o relato da criação no Gênesis, passando pelo desenvolvimento na literatura profética e sapiencial, até chegar ao Novo Testamento, o Pe. Luís Henrique Eloy e Silva, reitor da PUC Minas e membro da Pontifícia Comissão Bíblica, indicou que “o ser humano, mesmo sendo ‘terreno’ é fruto do projeto amoroso de Deus, seu criador, e por isso recebe o sopro da vida e se torna um ser vivo. O ser humano é guardião de uma missão especial, por ser imagem de Deus.”

O reitor da PUC Minas ressaltou em sua conferência a dupla tarefa que é conferida ao ser humano desde o Éden acerca da terra: trabalhá-la e de dela cuidar. E a partir dessas duas tarefas vinculam-se o alimento, o trabalho e os animais. O alimento surge nas Escrituras “como perene oferta do criador às suas criaturas”, enquanto o trabalho é necessária atividade do homem para alcançar uma vida de qualidade. Também os animais surgem como ajuda para a humanidade, fornecendo alimentação, vestuário e ajuda no trabalho. Dessa forma, é a partir da dinâmica da comunhão com a criação que o ser humano pode viver o projeto do Deus criador.

“Desse modo”, indicou Pe. Eloy, “a finitude e a grandeza caracterizam o ser humano conforme a visão dos autores bíblicos. Ele reconhecido como uma criatura, não é criador de si mesmo. Ainda que ligado ao pó da terra, frágil e ameaçado de morte, possui uma relação especial e única com seu criador.”

Após os estudos da parte da manhã, os bispos terão na parte da tarde um diálogo com os dois conferencistas, Cardeal Tolentino e Pe. Eloy e Silva. Em seguida haverá uma terceira conferência com D. Joel Portella. O 33º Curso para os Bispos está sendo realizado no Centro da Estudos do Sumaré, na Arquidiocese do Rio de Janeiro, e tem como tema Antropologia integral e a crise da cultura atual: reflexões, consequências e encaminhamentos.

Fotos: Bruno Carvalho