Palavra do Bispo

Somos todos chamados a evangelizar

Prezados irmãos e irmãs,
Alegria e paz.

Estamos no mês missionário e no terceiro domingo a Igreja celebra o Dia Mundial das Missões para recordar e reforçar o mandato de Jesus Cristo: “Ide pelo mundo inteiro e anunciai a Boa Nova a toda criatura!”(…) Então, os discípulos foram anunciar a Boa Nova por toda parte” (Mc 16, 15.20). Os discípulos de hoje, isto é, as pessoas que professam a fé em Jesus Cristo, têm a mesma missão e alegria de apresentar o Evangelho à geração presente.

Com o tema “Enviados para testemunhar o Evangelho da paz” e lema: “Vós sois todos irmãos” (Mt 23,8), a Igreja nos convida a refletirmos sobre a urgência e o dever de ajudar o próximo, seja por meio da oração, do testemunho, da ajuda material aos projetos missionários etc.

Somos todos, pelo Batismo, missionários e o centro da missão é o anúncio de Jesus Cristo. Ele é o Evangelho, a Boa Notícia que não envelhece, é sempre nova. Diante de nossas limitações, nos recorda o Papa Francisco na Exortação Apostólica “A alegria do Evangelho” (EG 36) que na missão o “núcleo fundamental, o que sobressai é a beleza do amor salvífico de Deus manifestado em Jesus Cristo morto e ressuscitado”.

Nossa missão é evangelizar e nesta evangelização oferecer Jesus Cristo, como sinal de amor às pessoas, sobretudo às mais fragilizadas. “Se alguma coisa nos deve santamente inquietar e preocupar a nossa consciência é que haja tantos irmãos nossos que vivem sem a força, a luz e a consolação da amizade com Jesus Cristo, sem uma comunidade de fé que os acolha, sem um horizonte de sentido de vida”, (EG 46) diz o Papa Francisco. Em tempos de grave crise ética, de falta de referência a respeito do bem e do mal, Jesus Cristo se apresentou e continua a se apresentar como o caminho, a verdade e a vida.

A missão é chamado de Deus, tem sua fundamentação trinitária e profética. Uma obra conjunta pela salvação da humanidade. O Concílio Vaticano II situou a Missão na sua verdadeira fonte: ela nasce em Deus, é dom de Deus Pai, realizada pelo Verbo Encarnado e conduzida pelo Espírito Santo. É um grande projeto de bondade e misericórdia de Deus. A nossa colaboração missionária consiste apenas em deixarmo-nos envolver por esse dom misericordioso de Deus. A missão é proclamar a Palavra com alegria. O documento Evangelii Gaudium (Alegria do Evangelho) aponta as novas metas para o anúncio de uma Boa Nova ao mundo atual. Para o papa Francisco a ‘Missão’ exige uma transformação de uma Igreja institucionalmente sedentária, prisioneira dos estilos ultrapassados e propõe uma Igreja em saída!

A missão é profética. Os missionários e os cristãos têm a grande tarefa de anunciar o Evangelho e denunciar as múltiplas formas de exclusão social, a violência e desigualdade, ou seja, aquilo que não condiz com os valores do Evangelho. Todo cristão carrega o compromisso de construção de uma sociedade de igualdade, justiça e paz. A missão existe a serviço do Reino e da libertação.

A missão é assumir as atividades pastorais da Igreja. A Igreja cumpre sua missão e se realiza como diz o documento Ad Gentes: “mediante a atividade pela qual, obedecendo ao mandamento de Cristo e movida pela graça e pela caridade do Espírito Santo, ela se torna atual e plenamente presente a todos os homens ou povos para os conduzir à fé, liberdade e paz de Cristo, não só pelo exemplo de vida e pela pregação, mas também pelos sacramentos e pelos demais meios da graça”. (AG 5)

Irmãos e irmãs, ouçamos todos, atentamente, o chamado de Deus para o seu seguimento. Vivamos o nosso Batismo. Sejamos todos missionários. Que no penúltimo final de semana (dias 20 e 21), como gesto concreto da Igreja, participemos da Coleta do Dia Mundial das Missões.

Que por intercessão de Nossa Senhora Aparecida, padroeira de nossa Diocese, venha sobre você e sua família a bênção do Deus Pai, Filho e Espírito Santo.

+ Dom Marco Aurélio Gubiotti
Bispo Diocesano de Itabira-Coronel Fabriciano
“Pela Graça de Deus” (1Cor 15,10)

Dom Marco Aurélio

É o atual Bispo da Diocese, sua ordenação episcopal aconteceu no dia 26 de maio de 2013. Foi nomeado Bispo da Diocese por sua Santidade Bento XVI, hoje Papa Emérito, no dia 21 de fevereiro de 2013, tomando posse no mesmo ano, na Festa da Diocese, em Itabira - MG.

1 Comentário

Clique aqui para postar seu comentário

  • Caminhar na vida em comunidade,é alegrar se todos os dias,pois sempre há um olhar novo a nos motiva e Deus há nos abençoar e fortificar