Caríssimo(a) irmão(ã), seja bem-vindo(a)!

27 de setembro de 2023

Grecom pensa estratégias de divulgação da versão atualizada do Diretório de Comunicação da Igreja no Brasil

16/12/2022 . Igreja

Após a aprovação pelo Conselho Permanente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), por unanimidade, da versão atualizada do Diretório de Comunicação da Igreja no Brasil, o Documento 99, o Grupo de Reflexão sobre Comunicação, o Grecom, esteve reunido de forma online, na última quarta-feira, 14 de dezembro, para realizar os últimos ajustes no texto antes que este esteja disponível para publicação pela Editora da CNBB, a Edições CNBB.  

No encontro, além de uma última e rápida revisão em alguns parágrafos do texto, os membros do grupo discutiram os encaminhamentos sobre a publicação do documento e as estratégias de divulgação do Diretório em momentos de formação.  

Marcus Tullius, por exemplo, apresentou ao grupo uma proposta de um curso sobre o Diretório dentro da Escola de Comunicação, proposto pela Pastoral da Comunicação. A ideia é que seja um curso modular, com um módulo para cada capítulo do Diretório, com a proposta de estabelecer um diálogo, a reflexão entre os participantes. “A ideia é que o curso seja lançado junto ao Diretório, e em parceria com a Edições CNBB”, explicou. 

Dom Joaquim Mol ponderou a necessidade de se ter podcasts e vídeos, um para cada capítulo, para que sejam distribuídos junto ao Diretório, como um material complementar. “Penso que também temos que pensar na recepção do Diretório no meio da comunicação, da sociedade”, disse. 

Como sugestão, Ricardo Alvarenga mencionou a possibilidade de se estabelecer um diálogo com a Signis Brasil para se pensar uma espécie de programete que possa ser veiculado nas rádios e nas TVs. “Pílulas para a rádio e VT’s seriam importantes para ganharmos espaço nos veículos de inspiração católica”, salientou. 

Andréia Gripp deu a ideia de reunir os diretores das emissoras de inspiração católica para fazer uma apresentação oficial do Diretório e mostrar a eles o processo de construção do texto.

O grupo ficou de pensar, ainda, em outras estratégias e possibilidades para serem apresentadas em sua próxima reunião, a primeira do ano em 2023, em data ainda a definir. A expectativa é que o Diretório seja publicado logo nos primeiros meses de 2023, pela Edições CNBB. 

A aprovação do Diretório 

A versão atualizada do Diretório foi aprovado na última reunião do Conselho Permanente da CNBB, dia 23 de novembro. À época, o bispo auxiliar da arquidiocese de Belo Horizonte (MG) e presidente da Comissão para a Comunicação da CNBB, dom Joaquim Giovani Mol Guimarães, ressaltou que o material aprovado não é um novo diretório, mas o mesmo documento aprovado em 2014 com as atualizações necessárias.

São quatro as principais atualizações: a inclusão do magistério do Papa Francisco sobre comunicação; a inserção da abordagem de novos elementos sobre a dinâmica de comunicação na atualidade, especialmente no que tange à comunicação digital; a defesa melhor da comunicação como uma realidade estratégica no processo de evangelização, e não apenas como ferramenta; e e ajuste e harmonização da linguagem, evitando contradições entre termos, parágrafos e assim por diante.  

CNBB