Paróquia Nossa Senhora de Nazaré – Antonio Dias

O Sertanista Antônio Dias de Oliveira, natural de Taubaté, São Paulo, seguindo orientações do bandeirante paulista, Manoel de Borba Gato, após descobrir a região de Ouro Preto em 1698, dirigiu-se do Rio Piracicaba, por volta de 1700/1701, onde fundou alguns arraias, sendo o segundo deles o que chamou de Antônio Dias Abaixo, pois já fundara um que recebera o nome de Antônio Dias Acima, hoje, bairro e rua de Ouro Preto, que conserva o mesmo nome.

O povoado de Antônio Dias Abaixo, fundado em 1706, tornou-se mais tarde grande centro de mineração, passando a funcionar como ponto de apoio e reabastecimento dos garimpeiros. Antônio Dias de Oliveira, logo que chegou nestas terras, mandou construir uma Capela na localidade de Arraial Velho, onde residiu por muitos anos.

A Capela construída foi dedicada ao santo protetor dos negros escravos, São Benedito, certamente pelo fato do bandeirante Antônio Dias de Oliveira ser natural de Taubaté e São Benedito ser padroeiro daquela localidade e o santo de devoção daquele povo, principalmente dos escravos.

Aquela Igreja construída pelo bandeirante e sua gente, mais tarde caiu e foi reerguida. Com a criação da Confraria das Irmandades, a Igreja passou a chamar-se “Igreja de Nossa Senhora do Rosário”, nome que permanece até hoje.

Tempo depois, o povoado foi transferido para alguns quilômetros abaixo, onde se instalou a sede. Antônio Dias de Oliveira construiu no local, a Igreja dedicada a Nossa Senhora de Nazaré. A capela construída naquela época se compunha apenas da parte onde está o altar-mor, as tribunas e corredores laterais, a sacristia e o teto com a pintura artística.

Anos mais tarde a Capela foi ampliada pelo Coronel Fabriciano Felisberto de Brito, que faleceu antes de terminar a obra. A ampliação e a reforma da Igreja de Nossa Senhora de Nazaré foi terminada pelos filhos do Coronel Fabriciano.

O bandeirante Antônio Dias de Oliveira faleceu aos 90 anos de idade e atendendo a um pedido seu, foi sepultado na porta da Capela que ele construíra.

A Igreja Matriz de Nossa Senhora de Nazaré passou por várias reformas em diversas épocas. Cada pároco fazia alguma coisa que era mais necessária em cada época.

Vários padres trabalharam na Paróquia e deixou o seu trabalho realizado: Padre José Iria (1925 a 1931), Padre José Luiz Barbosa (28/04/1946 a 01/03/1963), Padre José Luiz (permaneceu por 17 anos), Padre Wilson Moreira (18 de maio de 1963), Padre Gustavo Guerra Lage (18/02/1968 a 23/03/1976), Padre Antônio Luiz Ribeiro (20/06/1976 a 07/03/1982), Dom Lélis Lara (10/04/1982 a 01/03/1986 e auxiliado por vários padres da região, Diáconos, Seminaristas, Religiosas e leigos autorizados), Padre Waldo José Pignton (01/03/1986 a 31/12/1987), Frei Jacir de Freitas Farias que atendia a sede e Frei Eduardo e Padre Ernesto atendiam as comunidades rurais (30/04 a 31/12/1988), Padre Mauro Carvalhais atendendo uma vez por mês a sede e as Capelas mais próximas e as Irmãs da Beneficência Popular atendiam as comunidades mais distantes (05/03 a 09/06/1989), Padre José Anthero (02/07/1989 a 21/10/1989), Padre Geraldo IIdeu Franco e auxiliado pelo Diácono José Marcelino de Magalhães Filho (15/10/1989 a 09/01/1991), Padre Irany José (01/11/1991 a 31/12/1994), Padre Giovanni (1995 a 31/12/1996), Padre Raimundo Viera da Rocha (01/01/1997 a 31/12/2005), Padre Carlito de Souza (01/01/2006 a novembro de 2009 e em alguns períodos Padre Carlito foi auxiliado pelo Padre Roberto Gualberto e pelo Padre José Luiz da Silva), Padre Carlos Roberto Fróes (01/01/2010 a 17/03/2011), a partir daí, ficou coordenando os trabalhos da Paróquia o Diácono Jefferson assistido pelo Padre Francisco Neto Guerra até a nomeação de um novo Pároco. Como Vigário Paroquial foi nomeado o Padre Nivaldo de Souza Aranda, em 02/02/2011 e atualmente o Pároco é o Padre Elinei Eustáquio Gomes, teve sua provisão em 25/04/2011 e tomou posse em 30/04/2011. Logo que chegou a Antônio Dias, o Padre Elinei procurou reestruturar os grupos de pastorais e movimentos da paróquia e ao mesmo tempo planejar e iniciar os trabalhos de reforma da Igreja Matriz. Mais importante, porém é a preocupação que o Padre Elinei tem com a formação de seus paroquianos. Ele está sempre promovendo encontros, retiros e cursos. Tem um carinho especial com os jovens e por isso tem aumentado a freqüência deles na Igreja. E assim o povo de Deus situado na Paróquia de Nossa Senhora de Nazaré vai construindo sua História e caminhada rumo ao Reino de Deus.

Setor:
Região Pastoral III
Rua:
Pe. José iria
Número:
250
Bairro:
Centro
Telefone:
(31) 3843-1134
Cidade:
Antônio Dias
Estado:
Minas Gerais
Cep:
35.177-000
Padres: