- Diocese de Itabira - http://dioceseitabira.org.br -

Sete praças, Sete Palavras

Jesus Cristo, Filho de Deus feito homem, sofreu antes de sua morte na cruz. Para salvar a humanidade do pecado, sofreu muito mais que o limite humano poderia suportar para morrer e ressuscitar no terceiro dia, provando enfim que o pecado vencera a morte.

Nos momentos que antecederam a Sua Morte, o Senhor deixou-nos as suas últimas palavras, já pregado na cruz, que expressam as suas maiores preocupações. A Igreja sempre guardou essas “Sete Palavras” com profundo amor, respeito e devoção, procurando extrair delas o seu riquíssimo significado.

Em Ipatinga, a Comunidade Senhor dos Passos, pertencente à Paróquia Cristo Rei, no Bairro Novo Cruzeiro celebra as Sete Palavras com muito devoção e fé, porém de forma bastante peculiar.

Na sexta-feira da Paixão, em procissão, a comunidade percorre as sete praças do bairro. Representantes de todos os segmentos da comunidades compõem a procissão. Um jovem da comunidade caracterizado de Jesus, carrega a cruz até a última praça do bairro, de onde segue o cortejo com o Senhor morto.

Cada uma das praças foi devidamente preparada pelos moradores vizinhos para receber o cortejo. Em cada uma delas, uma das palavras proferidas por Jesus na cruz (Perdão, Esperança, Consolação, Expiação, Sacrifício, Redenção e Entrega) é meditada, cuidadosamente preparada por um leigo diferente.

Na sétima praça é celebrada a sétima palavra: entrega, na qual Jesus Cristo se entrega ao Pai. (Mt 23,46), quando tudo está consumado. Aí o Padre Roberto Baía, que conduzira o povo até esse momento, diante da imagem do Senhor  morto, toma a palavra, homilia sobre o significado desse momento para a vida e a ressureição de cada um dos cristãos.

Ao som das matracas, o cortejo segue em silêncio e oração até a igreja, onde é feita a Santa Eucaristia.

A procissão das 7 praças existe há muitos anos, e faz parte do calendário paroquial para a Semana Santa, relata Roseny Aparecida Abrantes Fagundes, Ministra da Palavra e do Ministério de Música.

Fonte: Pastoral da Comunicação
Texto e fotos: José Aparecido Souza
Colaboração:   Roseny Aparecida Abrantes Fagundes.