Artigos de Formação

Maria: Essência do Plano de Salvação

No mês de maio, a Igreja realiza de forma especial, celebrações dedicadas à Santíssima Virgem Maria. No Brasil, além do mês de maio, vivemos intensamente também o mês de outubro, dedicado à padroeira do país e de nossa diocese, Nossa Senhora Aparecida.

Celebrar Nossa Senhora, significa agradecer o plano da salvação de Deus para a humanidade, pois este plano passa essencialmente por Ela. É como nos ensinou o Papa Francisco em sua primeira reflexão de 2017 durante o momento do Angelus: “Deus pede a Maria não somente para ser a mãe de seu Filho Unigênito, mas também para colaborar com o Filho e para o Filho no plano de salvação a fim de que nela, serva humilde, se cumpra as grandes obras da misericórdia divina”.

A Santíssima Virgem não se fechou aos momentos maternos com Jesus, mas permaneceu atenta a tudo o que acontecia ao redor Dele para que a misericórdia de Deus fosse manifestada. Podemos exemplificar com clareza essa abertura, citando o episódio das Bodas de Caná, ocasião em que foi realizado o primeiro dos muitos milagres de Jesus.

Vendo a necessidade daquele casal de noivos, Maria diz a seu filho: “eles não têm mais vinho ”. Jesus apesar de relutante volta seu olhar misericordioso para aqueles que precisavam e transforma a água em vinho, depois da ação de sua Mãe.

Ao dizer sim a Deus, através do Arcanjo Gabriel, Nossa Senhora “se disponibilizou a ser envolvida na realização do plano de salvação de Deus, ´que dispersa os soberbos de coração, derruba do trono os poderosos e eleva os humildes; aos famintos enche de bens, e despede os ricos de mãos vazias´”.

Sabendo disso, é importantíssimo que nós também nos disponibilizemos para que o plano de Deus se realize em nossas vidas. É essencial que façamos como os serventes daquele mesmo episódio das Bodas de Caná. Maria exclamou: “ Façam tudo o que Ele vos disser”! O milagre é uma via de mão dupla, não como uma forma de compensação, mas como uma forma de ação, a Mãe do céu nos ensina isso de todas as formas.

Pedir é relevante, agir é indispensável. A misericórdia se manifesta em nossa realidade pessoal a partir do momento em que praticamos a caridade, bondade e amor para com todos. Os serventes gastaram suas forças levando a água que Jesus transformou em vinho para o casal. Conclui-se que, de certa forma aqueles servos praticaram a caridade para com o casal, e com isso eles foram também agraciados com o melhor dos vinhos.

Celebrando os 300 anos da aparição da Imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, peçamos insistentemente a intercessão da Mãe Maria, para assumirmos efetivamente a responsabilidade de verdadeiros cristãos, agindo com diligente misericórdia.

Deus nos abençoe!

 

Dom Marco Aurélio Gubiotti
Bispo Diocesano de Itabira-Coronel Fabriciano

Palavra do Bispo

Foto de perfil de Dom Marco Aurélio

Dom Marco Aurélio

É o atual Bispo da Diocese, sua ordenação episcopal aconteceu no dia 26 de maio de 2013. Foi nomeado Bispo da Diocese por sua Santidade Bento XVI, hoje Papa Emérito, no dia 21 de fevereiro de 2013, tomando posse no mesmo ano, na Festa da Diocese, em Itabira - MG.

Atividades

DomSegTerQuaQuiSexSab
 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 
 « ‹jul 2017› »