Notícias da Diocese Pastorais

Dia de Ação de Graças dos Catequistas – Região Pastoral 2

No último domingo, dia 27 de agosto de 2017, encerrando o mês vocacional, foi dia de Celebrar a vocação do catequista. Nosso regional, celebrou em sintonia com os regionais I e III da Diocese de Itabira – Coronel Fabriciano, a alegria de ser catequista na Paróquia São Domingos de Gusmão, em São Domingo do Prata.

Com a graça de Deus este é 4º ano que celebramos a nível regional e com participação de todas as 13 paróquias, cerca de 360 pessoas. Fomos acolhidos a partir das 8h, na Escola ao lado da Matriz com um delicioso e variado café e muita animação. Momento de encontros, reencontros e surpresas; às 10h na Igreja Matriz, São Domingos de Gusmão, foi celebrada a Santa Missa, presidida pelo Vigário da paróquia, Pe. Gildásio e concelebrada pelos padres: Marcos Rosa (Assessor Regional da Catequese),  Carlos Jorge Teixeira (Vigário Episcopal), Marco José de Almeida (assessor da Dimensão Missionária), também contou com a presença dos seminaristas: Márcio Rodrigo Mota, Francis Regis , Júlio César e do Secretário Regional Geraldo Evangelista.

Foi um momento de agradecer, louvar, se fortalecer na Palavra e Eucaristia, o pe. Gildásio destacou em sua homilia a beleza de ser catequista e os desafios da vocação, a importância do catequista para Comunidade eclesial e a necessidade dele para a comunidade. O pe. Jorge em sua fala reforçou a mística de ser catequista e do quanto nossa catequese deve ser Cristocêntrica. Só se experimentarmos o encontro com Cristo somos capazes de apresentá-lo. O pe. Jorge também parabenizou em nome de nosso bispo diocesano Dom Marco Aurélio a todos os catequistas presentes. No encerramento houve apresentação dos jovens da Fazenda Esperança, divulgando o trabalho que realizam resgatando vidas das drogas, ressignificando vidas, pediram apoio na aquisição de produtos da fazenda e oração. Foi realizado também homenagem à catequista Ir. Clarice (in memorian) e a todas catequistas. Em seguida houve uma caminhada até a APAE, onde ao som de Índio do Forró e Roany foi servido um delicioso almoço. A tarde tivemos muitas músicas e brincadeiras. Ao final da tarde, houve um momento Mariano com a Imagem da Padroeira da Diocese e do Brasil, coroando com a proteção de Maria o dia de bênçãos.

Marcaram presença ainda pe. Rafael e pe. Flávio (Par. São José da Lagoa), pe. Mauri e pe. Guilherme Paróquia São Luis Maria de Monfort) e pe. Martin (Pároco da Paróquia São Sebastião de Dionísio), seminaristas teatinos. A paróquia de São Gonçalo do Rio Abaixo deverá ser a anfitriã no próximo ano. Parabéns á EPAC, catequistas e toda comunidade eclesial pela belíssima festa. Obrigada a todos pela acolhida, juntos somos mais!

Ana Maria de Sena
Coordenadora ERAC-II

Tags