Notícias da Diocese

Afetividade e sexualidade foram temas de formação na atualização de catequistas:

Formar o catequista em todas as dimensões humanas é fundamental nos tempos atuais, caracterizados não somente por “tempos de mudanças”, mas também por mudança de tempos. A Escola Diocesana de Atualização Catequética assumiu o compromisso da formação continuada de seus ex-alunos para ajudá-los frente às realidades apresentadas como desafios e sinais das mudanças históricas e culturais, presentes no mundo hoje.
A proposta é durante o ano oferecer oportunidades de crescimento pessoal e espiritual através de retiros e formação em momentos distintos durante o ano, sendo um no primeiro semestre sobre uma revisão de vida e pastoral, e outro no segundo semestre voltado à atualização e formação.
Sendo assim, paralelo ao IV Módulo da 4ª Turma da Escola Diocesana de Atualização Catequética, aconteceu o Encontro das Turmas, nos dias 22 e 23 de setembro de 2018, no Recanto das Mangueiras, Coronel Fabriciano, que reuniu alunos da 1ª, 2ª e 3ª Turma. Com o tema Afetividade e Sexualidade, o encontro foi conduzido pela Professora Jordana Magalhães que reforçou a importância do autoconhecimento, amor próprio e autoestima para afetividade e sexualidade.
Nesse itinerário a caminho da maturação da fé, o catequista tem dupla missão: transmitir o ensinamento e conduzir o catequizando no mistério da fé, e para tal missão é preciso uma interação permanente, em que os evangelizadores, catequistas e catequizandos são crescentes e aprendentes a vida inteira.
Ajustar a sexualidade e afetividade deve ser um dos objetivos da vida cristã, cuja a prática se dá nos relacionamentos em que participam o amor, o respeito, a fidelidade, expressões de genuíno afeto, exercício do perdão e da aceitação, tudo isso se traduz na realização da vontade de Jesus Cristo em nós, e no cumprindo do mais exigente porém sublime de seus mandamentos: “Amai-vos uns aos outros como eu vos amei”.